domingo, 17 de junho de 2007

boa demais

eu sou muito boa
eu sou muito muito boa
não agüento tanta bondade que há em mim

converso com os sem-teto
dou sorrisos para o analfabeto
até cumprimento os pobres
e não peço nenhum cobre

participo da campanha do casaco
cedo lugar na fila pros velhacos
engulo o bife do restaurante de um real
e finjo que não me faz mal

conto histórias para crianças ceguinhas
compro vestido das costureiras da Rocinha
envio cartões dos pintores sem mão
e digo que é o hit do verão

eu sou boa
eu sou boa demais
ó céus, quase não agüento
quanta bondade há em mim

2 comentários:

Juju disse...

eu vou de bicicleta ao trabalho e ajudo a salvar o meio ambiente!

Gabriela disse...

Vi um moço na rua hoje vestindo uma camiseta com a seguinte frase: JUDAS TE ODEIA.
Acho que era pra você.