segunda-feira, 21 de maio de 2007

crise do suporte

Há a crise da idade da loba, a crise da economia global e a crise do suporte.

Por crise do suporte, ou revolução do suporte, entende-se que a obra de arte está ganhando novos espaços que não os originalmente concebidos. (Perdão pela definição curta e simplória). Se antes os caras só pintavam em telas, agora pintam em muros: muda-se o suporte, fica a obra de arte. Com outros significados, outras relações, claro. Se antes os caras escreviam com penas em papel, agora escrevem em blogs.

Os defensores dos novos suportes dizem que não há diferença qualitativa entre a produção literatura online e o livro, objeto físico.

Mas eu acho que tem, sim.
"Livro não enguiça", já disse o meu ídolo Millôr.

(!!!)

2 comentários:

Juju disse...

verrrrrdade. (com sotaque de interiorrrrr). gosto da ideia da literatura on line. mas olha, tem que ter coragem pra esse troco de colocar as melhores ideias ai pro mundo, sem o copyright.

acho que tem ideia que a gente poe no online e tem ideia que a gente guarda pro livro de um dia, ne nao?

Cotuka disse...

Hola Clarita! Esta muuuy lindo tu blog, me encanto! Tambien esa ovejita, genial la obra de arte! muy original, aqui en Chile falta mas creatividad, es por eso que creo...que partire pronto a Brasil!!! jajajajaja Exacto!