sexta-feira, 13 de julho de 2007

o astrólogo

tremia. era a primeira vez que estava ali. a bola de cristal a intimidava. tinha medo do futuro profissional, tinha medo do astrólogo.

vejo um certo brilhantismo no trabalho, que beleza, mas peraí, humm, essa conjuntura astral aqui, humm, melhor jogar búzios para ter certeza, agora sim, é isso mesmo, está bem claro, muito trabalho e nada no amor. querida, você nunca vai casar.

pensou se ia pagar pela consulta. decidiu que sim. mas ele também pagaria, astrólogo de bosta. você sabe o meu destino? eu também seu o seu. apertou o canivete no bolso, presente do falecido avô, e ficou à espreita na saída do prédio.

2 comentários:

Lia disse...

legal essa nova categoria!

Juju disse...

temos material para toda uma novela das seis. pense.
o atrologo e um hippie que mora na praia. ela na cidade grande, no nucleo rico.
o astrologo tem familia, ela, como ja vimos nao.
ela nao vai parar de persegui-lo, mas ele so morre no fim da novela, quando, depois de mata-lo, ela descobre que tinha se apaixonado por ele.