domingo, 4 de maio de 2008

o ateu, como explica a palavra, é aquele que não acredita em deus.
o ateu é livre para acreditar em tudo o que quiser, menos em deus.

escreve bilhetes para santo antonio, oferece brincos e pentes para iemanjá, veste o escudo e as armas de Jorge. freqüenta cartomantes de turbante, tarólogas com sotaque, acende incenso para espantar energias ruins e para chamar os que já se foram.
fuma cigarros espiritualizados, entoa cântigos de ligação com o além.
quando o bicho pega, recorre a santo expedito, bem como a oxum e a bruxas de importantes convenções.
Mas deus, não, obrigado. Esse não existe.

Um comentário:

juju disse...

"deus-que-não-existe que me livre!"