terça-feira, 29 de janeiro de 2008

minha gaveta

adoro minhas gavetas desorganizadas entupidas sujas
cheias de boletos de banco
orações para santo
bilhetinhos da sétima série
passes para o zoológico
lembranças de viagem
receita do extrato de tomate
resto de cabelo de quando cortei curto
recortes de jornal sobre assaltantes
mas só os de tipo interessante
passaporte inválido
disquetes do século passado
pasta para dentes sensíveis
fita cassete que gravei do rádio
ordens médicas que não cumpri
desenhos dos meus irmãos
fotos dos meus irmãos
contos jamais escritos
e quase-poesias nunca finalizadas

Um comentário:

juju disse...

a idéia de gaveta é boa. um baú ali na escrivaninha, à sua mão.

assim como gatos, animais domésticos, e plantas, que costumam deixar o ambiente com mais jeito de lar, elas ameaçam minha integri8dade física com todos os ácaros, que sempre se apaixonam por mim.

aguardo com taquicardia a chegada do e-paper