quarta-feira, 11 de abril de 2007

Evita Perón

Ex-atriz medíocre, ex-prostituta, ao fim da vida Evita foi considerada santa na Argentina. A massa a venerava. Rezavam loucamente por sua saúde, batiam records por ela, jejuavam por ela.

Quando Evita morreu, embalsamaram a moça. Ainda faltavam dois meses para o falecimento quando o próprio Perón contratou um embalsamador. O melhor embalsamador do mundo. Como ele era profissa pra dedéu e queria fazer o melhor trabalho possível, começou a observar Evita viva, como as veias ficavam, a cor da pele dela, seu porte. Evita embalsamada ficou uma obra de arte, dizem os que viram.

Além da versão no formol, o general decidiu fazer três estátuas de cêra. Caraca. E não é que ficaram perfeitas? Evita lendo, Evita discursando, Evita em paz. Elas olhavam para baixo, porque os caras que fazem estátuas de cêra dizem que a única qualidade humana impossível de ser reproduzida pela arte é o olhar.

E o pior é que, depois daquele filme, eu só consigo imaginar a Evita com a cara da Madonna, cantando em inglês. Don´t cry for me Argentina.

3 comentários:

el disse...

hahaha...

sim sim, Evita perdeu feio pra Hollywood. Não tem Perón que consiga.

bj!

Juju disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juju disse...

Se a Madona se candidatasse a presidenta da Argentina, aposto que ganhava. Acho que até os hermanos acham que a Evita se parecia com a Madona.

Falando em Madona... Ela acabou de assinar a nova coleção da H&M - "Designed by Madona" .