quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Hino dos babacas
(cantar na melodia do hino nacional)

Eu vi na Guanabara o babaca
Com uma loira burra ultrajante
O babaca era o cara que eu estava
Há menos de cinco minutos antes

Se o babaca
É um babaca
Nem milagre poderá salvar a raça

Tu tens muita
Mediocridade
E não me inspira nem mesmo mais um porre

Ó idiota
E calhorda
Vê se morre

Babaca, escroto intenso, energúmeno
Um cafajeste que a tal nível desce
Tua cara de pau risonha e límpida
Com a mesquinharia resplandece

Pequeno pela própria natureza
És um calhorda, impávido beócio
A tua covardia é de tal grandeza

Não me dói nada
Entre outros mil
És tu mais um
Fora da jogada

Eu te mandei pra puta que o pariu
Ó babaca-imbecil

2 comentários:

Pablo disse...

Quem canta os males espanta. Vamos cantar para que esse mal nunca volte a te perturbar!

Zombie Boy disse...

shuahsuashua eu racho...